Habilidades x Competências #parte 1

Uma dúvida muito comum quando nos deparamos aos termos administrativos é sobre a diferença entre habilidades e competências. Afinal, o que significa esses termos dentro da Administração e como eles podem ajudar o profissional em sua carreira? Seja ela empregatícia ou empreendedora. Nesse post, será tratado primeiramente sobre as Habilidades.

Para começar a responder esse questionamento é importante lembrar que esses termos acionam uma visão pessoal de cada indivíduo, você vai entender ao final de cada post.

Começando pela habilidade, esse termo não está relacionado com um traço de personalidade do profissional, mas está muito atrelado da maneira de como ele lida com situações e pessoas. Obviamente um profissional pode ter maior facilidade em lidar com pessoas do que outro profissional, mas em todo caso, uma habilidade pode ser desenvolvida, pode ser muito bem aprendida, não sendo exclusividade apenas de uma classe iluminada.

“Uma habilidade é a capacidade de transformar conhecimento em ação e que resulta em um desempenho desejado.”

Analisando está afirmação de Robert Katz “Skills of an Effective Administrator” (habilidades de um administrador eficaz), fica evidente que uma habilidade pode ser muito bem desenvolvida, como vimos no primeiro estudo de caso “002-Uma promoção para gerência”, onde o profissional vai precisar assumir um cargo de gerência, cargo ao qual ele nunca se deparou em se tratando de termos administrativos.

Nisso o autor coloca o leitor para refletir sobre três habilidades em especial; habilidades técnicas, habilidades humanas e habilidades conceituais.

Em todo caso, o profissional pode desenvolver essas habilidades primeiramente refletindo profundamente cada termo em que ele se deparar, refletir sobre as habilidades em que ele não possui com efetividade. E das habilidades em que possui, o profissional pode refletir quais os pontos em que ele pode aperfeiçoar para o bem-comum de sua equipe e o negócio em que ele está inserido. Lembrando que a Administração vem para servir as pessoas e empresas, o profissional precisa ter isso em mente para poder se renovar em suas habilidades e conhecimentos.

“… o pensamento reflexivo pode transformar uma realidade a ponto de motivar a experimenta-la de maneira prática”.

O que vale é raciocinar.


Link citado:

Estudo de caso “Uma promoção para gerência”:

http://www.portaladminteligente.com.br/002-uma-promocao-para-gerencia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *